Sexta-feira, 6 de Outubro de 2006

Amor entre morcegos...

No amor, o morcego é um animal terno, carinhoso, que esquece completamente o seu temperamento de lutador ( o morcego é um "guerreiro" por excelência), para se dedicar à fêmea que acedeu em segui-lo. O casal isola-se e, no sossego de um tronco de árvore, numa reentrância de um telhado, ou nos sítios esconsos de um celeiro, cumprem o acto do amor com uma ternura feita de poesia. Ele, depois de satisfeitos os quesitos que a natureza ordena, parte, feliz, e a fêmea fica , a saborear o amor vivido e à espera do rebento que os continuará. Depois de ter este filho, ela jamais voltará a amar. O seu amor foi todo consumido nesta primeira e única união que terá durante toda a sua vida.

publicado por delta às 00:23
| comentar
19 comentários:
De soslayo a 31 de Outubro de 2006 às 18:58
Delta,

Sua excelência "O Morcego" devo confessar que apesar d'ele ter a sua função neste mundo que é de todos nós mas, não é quanto a mim muito simpático sobretudo aqueles que nos são capazes de sugar o sangue (basta o governo que temos!). Em todo o caso é interessante saber-se algo sobre os seus hábitos e modos de vida! Engraçado também é como eles praticam o Amor entre si igual a todo o verdadeiro Amor praticado pelos restantes seres quer racionais e/ou irracional... Um beijo.


De bitu a 22 de Outubro de 2006 às 21:17
O amor move faz mover o universo....aqui aprendemos sempre mais e mais. Estou muito orgulhosa de ser madrinha deste cantinho.


De Ana Oliveira a 22 de Outubro de 2006 às 16:47
Realmente nunca pensei k os morcegos fossem tão românticos. Estou a gostar mais deles, apesar de já gostar deles.


De Cludia a 22 de Outubro de 2006 às 15:35
É engraçada a natureza dos morcegos. Achei bastante curioso este modo de vida amorosa que eles possuem. São um exemplo que devia ser seguido em muitos casos reais. Nunca tive uma paixão por morcegos mas são seres extremamente dóceis. Beijos e obrigada pela partilha.


De zezinha a 20 de Outubro de 2006 às 23:06
Bastante elucidativo. Tem aqui num dos teus comentarios alguem que diz "uma vida inteira só por uma noite de amor" ! Pois sim, é uma só noite, mas que noite. E tem tanta gente que nem por um segundo foi amada. Dá que pensar. Um beijo


De dojaya a 20 de Outubro de 2006 às 23:03
E ele, depois de satisfeitos os quesitos que a natureza ordena, parte feliz, para outra! :))A fim de satisfazer os quesitos que a natureza lhe vai ordenando! :))


De Nylda a 20 de Outubro de 2006 às 12:22
Olá...
Que os humanos aprendam algo com os morcegos.
Bom post. Parabéns.
Tem um final de semana iluminado!!!
Seja feliz sempre!
♥Beijos e um sorriso♥


De Jos S. a 19 de Outubro de 2006 às 11:36
É uma história muito bonita mas é preciso acrescentar que o morcego é cego e não está, constantemente, sujeito às tentações da carne impostas pela visão das "gajas boas" comó milho que nos atropelam a toda a hora. Assim também eu era um santinho. : )


De delta a 14 de Outubro de 2006 às 00:27
Boa noite Jofre e obrigado pelas tuas simpáticas palavras, em meu nome e em nome da animaleja e do dojaya. Duas valiosas ajudas para que este blog continue a ser do vosso agrado! Beijinho e tudo de bom.


De delta a 14 de Outubro de 2006 às 00:24
Olá Papoila! :-) Já fui espreitar o teu campo em festa...Tu mereces!!! :-) Beijinho e tudo de bom!


Comentar post

                                           
melhor visionado
em 800x600

 

 

 

 

online

 

 

 

 

.:Nós:.

Delta

animaleja

dojaya


 

 

 

 



 

 

 

 

 

homepagebannerstill.jpg

 

 

 

 

 

O albatroz precisa da ajuda de todos para sobreviver.

 

 

 

 

 

Digam ao governo Canadiano que já é tempo de acabar com esta matança anual. Assinem a petição.

 

 

 

 

 

 

 

O nosso selo

Terra Nostra

 

 

 

 

.:Links:.

 





Minhoca Súbtil

Dique do Castor
O dique do Castor


Grilinha
Grilinha


Rua do Beco



Visite a Panpanisca


Micas


Deu-me para isto

Meu Tesouro


O mundo da Gata Preta


papoila


Perfect Woman




Xanu


Eterna Parte de Mim



 

 

 

 

 

 

 

 

*posts recentes

* Está explicado...

* Homens de boa fé

* Os mabecos

* A Endogamia na Natureza

* Vai um copo?

* Carne para laboratório?

* Os dez anos da Dolly

* O elefante bebé (2ª parte...

* O elefante bebé

* Florestas do mar (I)

* Morcegos vampiros

* Amor entre morcegos...

* Afinal era tão fácil...

* Touradas e tradições

* Térmitas x Heitor

* O lince ibérico

* Entre o imaginário e a re...

* Os senhores dos ares

* Acabou

* Animais em perigo de exti...

 

 

 

 

*arquivos

* Março 2009

* Janeiro 2008

* Outubro 2007

* Julho 2007

* Abril 2007

* Janeiro 2007

* Dezembro 2006

* Outubro 2006

* Setembro 2006

* Agosto 2006

* Julho 2006

* Junho 2006

* Maio 2006

* Abril 2006

 

 

Autor - David Fajardo

 

 

 

 

Autor - MiguelAngelGuerreroGarcia

 

 

 

 

Autor - KikoArcasGarcia

 

 

 

 

Autor - Juan Antonio Ruiz Aladro

 

 

 

 

Autor - Francisco Ahedo

 

 

 

 

 

 

blogs SAPO

*subscrever feeds