Sábado, 5 de Agosto de 2006

Touradas e tradições



Cultura é tudo aquilo que contribui para tornar a humanidade mais sensível, mais inteligente e civilizada. A violência, o sangue, a crueldade, tudo o que humilha e desrespeita a vida jamais poderá ser considerado "arte" ou "cultura". A violência é a negação da inteligência.
Uma sociedade justa não pode admitir actos eticamente reprováveis cujas vítimas directas são milhares de animais.



Por trás da suposta bravura dos cavaleiros tauromáquicos, dos bandarilheiros, dos forcados e dos demais intervenientes neste espectáculo medieval e degradante, esconde-se uma triste e horrível realidade – a perseguição, molestação e violentação de touros e cavalos que, aterrorizados e diminuídos nas suas capacidades físicas, são forçados a participar num espectáculo de sangue em que a arte é a violência e a tortura é a cultura.

  

Uma minoria quer manter as touradas e as praças de touros, bárbara e sangrenta reminiscência das arenas da decadência do Império Romano.
De facto nas arenas de hoje o crime é o mesmo: tortura, sangue, sofrimento e morte de seres vivos para divertimento das gentes das bancadas. Como pode continuar tamanha barbaridade como esta, das touradas, no século XXI?
Só pode permanecer como tradição o que engrandece a humanidade e não os costumes aberrantes que a degradam e a embrutecem.

É de facto difícil afirmar o que é que um Touro sente numa tourada. No entanto, os estudos científicos feitos até agora apontam no sentido de que as agressões sofridas antes e durante as corridas sejam não só dolorosas mas incapacitantes. O touro fica com nervos e músculos rasgados, e a quantidade de sangue que perde continuamente enfraquece-o. Não parece ser sensato pensar que isto pode ser agradável para o Touro, ou mesmo indiferente.
O touro, tal como os outros mamíferos, ao ter sistema nervoso central tem capacidade para sentir dor, ansiedade, medo e sofrimento. E os sinais exteriores que mostra na arena denunciam essas emoções. Não é portanto razoável aceitar a ideia de que os Touros sofrem pouco numa tourada.

Há quem defenda que as Touradas enaltecem a nobreza do Touro.
Só uma mente muito ignorante ou distorcida pode realmente acreditar que os Touros quando vão para uma arena cumprem um qualquer desígnio divino.
A justificação de que o Touro é nobre por lutar pela vida numa tourada vem de quem alimenta o seu negócio e enriquece à custa deste espectáculo perverso mas rentável.
A nobreza é um conceito inventado pelo homem. Na natureza todos os animais são iguais e todos lutam pela sobrevivência. Ninguém duvida de que o Homem, numa luta com as suas armas e condições consegue ser superior a qualquer outro animal. Tentar provar isso numa luta desigual não é nobre, é estúpido.

publicado por dojaya01 às 23:11
| comentar
58 comentários:
De mart a 7 de Setembro de 2006 às 21:11
quando conseguires discutir a condição humana com o mesmo fervor, que discutes as touradas,talvez consigas mudar alguma coisa.
deve ser por estar na moda defender os animais e tratar as pessoas como seres horrendos e miseravéis.
negação é o que é.


De animaleja a 7 de Setembro de 2006 às 18:10
Sra. dona Delta, todos os dias nos reunimos debaixo de um chaparro às três horas para pôr a escrita e os mails em dia. Acontece é que ao chaparro ainda não chegou a prometida electricidade, daí a escrita ser tão escassa. Em compensacão temos um tintol e umas linguiças que nem te conto!... ihihihihihihihihih. Envia-me a convocatória para a reunião por mail.


De delta a 7 de Setembro de 2006 às 14:34
Olá Bitu :-) Não te esqueças que ao seres madrinha deste blog és também madrinha de três lindos afilhados.:-) E o Natal já está tão perto!!! :-) Beijinhos


De delta a 7 de Setembro de 2006 às 14:31
Senhora Dona Animaleja...levaste o portátil para o Redondo??? :-)Acho que vou convocar os colaboradores deste blog para uma reunião. :-)


De delta a 7 de Setembro de 2006 às 14:26
Meu caro Jorge Mocho Real...apenas aproveitei o teu comentário para agradecer a tua presença aqui assim como a de outros participantes :-)Por acaso és da família do Jorge Monte Real??? :-)


De animaleja a 7 de Setembro de 2006 às 02:35
Senhora Delta e sr. Dojaya, é só para informar que só volto em meados de Novembro. Ihihihihihihihihih... tou de férias, tou de férias!...


De animaleja a 7 de Setembro de 2006 às 02:30
Boa noite! Ou será Bom Dia?... Senhor Jorge, sou a favor das orelhas e do rabo também, pois então! Por acaso, é coisa que os bichitos já fazem há algum tempo, conforme prova a foto colocada pela Delta. Fazem-no é poucas vezes... E também sou a favor do touro dar a volta à arena, mas vivinho da silva. Boa noite!...


De Jorge a 7 de Setembro de 2006 às 01:53
Antes de ir fazer ó-ó, lembrei-me de repente de uma que quero aqui deixar-vos:
E se no final das corridas dessem uma orelha do toureiro ao touro? Ou o rabo! Sempre se compensaria o pobre do bicho e,se calhar,a multidão ululante a-do-ra-va!

Acho que bem podíamos lançar essa ideia, recolher assinaturas e enviá-las ao sindicato dos toureiros...que me dizes?
Pronto, agora "vou à deita".
Boa-Noite, Bom-Dia ou Boa-Tarde conforme a hora e o local onde me estiverem a ler.
Jorge Mocho-Real


De delta a 7 de Setembro de 2006 às 00:28
Pois é diabinho...em nome da cultura se praticam muitas barbaridades...não só em animais mas também em pessoas! Ciao


De dojaya a 7 de Setembro de 2006 às 00:12
Olá gaivota. Por muito que alguns tentem apresentar argumentos de tradição e cultura, podemos constatar pela evolução social que temos observado que este tipo de espectáculo tem o seu fim muito próximo. Não poderemos ambicionar por um ser humano evoluído e capaz de responder de forma responsável e consciente aos problemas do mundo enquanto nos mantivermos presos a comportamentos retrógados e pouco dignificantes para o Homem, enquanto espécie intelectualmente superior.
Um abraço!


Comentar post

                                           
melhor visionado
em 800x600

 

 

 

 

online

 

 

 

 

.:Nós:.

Delta

animaleja

dojaya


 

 

 

 



 

 

 

 

 

homepagebannerstill.jpg

 

 

 

 

 

O albatroz precisa da ajuda de todos para sobreviver.

 

 

 

 

 

Digam ao governo Canadiano que já é tempo de acabar com esta matança anual. Assinem a petição.

 

 

 

 

 

 

 

O nosso selo

Terra Nostra

 

 

 

 

.:Links:.

 





Minhoca Súbtil

Dique do Castor
O dique do Castor


Grilinha
Grilinha


Rua do Beco



Visite a Panpanisca


Micas


Deu-me para isto

Meu Tesouro


O mundo da Gata Preta


papoila


Perfect Woman




Xanu


Eterna Parte de Mim



 

 

 

 

 

 

 

 

*posts recentes

* Está explicado...

* Homens de boa fé

* Os mabecos

* A Endogamia na Natureza

* Vai um copo?

* Carne para laboratório?

* Os dez anos da Dolly

* O elefante bebé (2ª parte...

* O elefante bebé

* Florestas do mar (I)

* Morcegos vampiros

* Amor entre morcegos...

* Afinal era tão fácil...

* Touradas e tradições

* Térmitas x Heitor

* O lince ibérico

* Entre o imaginário e a re...

* Os senhores dos ares

* Acabou

* Animais em perigo de exti...

 

 

 

 

*posts recentes

* Está explicado...

* Homens de boa fé

* Os mabecos

* A Endogamia na Natureza

* Vai um copo?

* Carne para laboratório?

* Os dez anos da Dolly

* O elefante bebé (2ª parte...

* O elefante bebé

* Florestas do mar (I)

* Morcegos vampiros

* Amor entre morcegos...

* Afinal era tão fácil...

* Touradas e tradições

* Térmitas x Heitor

* O lince ibérico

* Entre o imaginário e a re...

* Os senhores dos ares

* Acabou

* Animais em perigo de exti...

 

 

Autor - David Fajardo

 

 

 

 

Autor - MiguelAngelGuerreroGarcia

 

 

 

 

Autor - KikoArcasGarcia

 

 

 

 

Autor - Juan Antonio Ruiz Aladro

 

 

 

 

Autor - Francisco Ahedo

 

 

 

 

 

 

SAPO Blogs

*subscrever feeds